Dados do Terceiro Setor serão captados pelo sistema auditoria eletrônica

Whatsapp

Após passar por uma fase de desenvolvimento e testes, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) implantará um novo sistema de auditoria que permitirá a transmissão eletrônica dos dados e informações relativas aos ajustes firmados com entidades do Terceiro Setor.

Denominado de ‘Fase V‘ da Auditoria Eletrônica de São Paulo (Audesp), o novo módulo, está previsto para ser lançado no dia 2 de julho. O projeto faz parte do constante método de aperfeiçoamento e controle da gestão pública por parte da Corte de Contas paulista.

O principal benefício da nova fase é a agilidade no processo, tanto para o trabalho dos servidores do TCESP quanto dos jurisdicionados e das entidades sem fins lucrativos e não governamentais que prestam serviços de caráter público.

. Apresentação

Em 2018, o Tribunal apresentou pela primeira vez o projeto-piloto da Fase V da Audesp aos usuários. As instruções iniciais sobre o funcionamento do envio de informações referentes à quinta etapa vêm sendo transmitidas, desde então, por meio meio de treinamentos presenciais e on-line.

Com as capacitações orientadas por técnicos da Audesp, o TCE possibilitou aos jurisdicionados a ambientação com a nova sistemática, e permitiu que os servidores e jurisdicionados esclarecessem dúvidas e enviassem sugestões para aperfeiçoar o sistema. Desde a apresentação do projeto-piloto, uma série de aprimoramentos da ferramenta foi realizada.

Criada em 2012,  a Audesp tem como principal objetivo realizar o massivo processamento eletrônico de dados de órgãos jurisdicionados (municipais e estaduais), levando informações às Diretorias de Fiscalização e Unidades Regionais da Corte para direcionar as ações de controle externo de competência do Tribunal de Contas.

Fonte: Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – 19/06/2020